Revolução cultural

O século XX se caracterizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, descobertas científicas e conquistas da civilização. Eric Hobsbawm, no livro “A Era dos Extremos” aborda a questão da revolução cultural, nesse mesmo período, e como ela se desenvolveu nas sociedades.

O que antes eram padrões, agora se tinha maior liberdade para incluir-se fora deles. O número de divórcios aumentou consideravelmente, as mulheres obtiveram mais liberdade e muitas delas tornaram-se mães solteiras. Todas essas mudanças afetaram a estrutura familiar e tornaram coisas até então proibidas, pela religião e pela moral, aceitáveis.

Segundo Hobsbawm, “Se o divórcio indicava uma crise nas relações entre os sexos, o aumento de uma cultura juvenil extraordinariamente forte indicava uma profunda mudança nas relações entre as gerações.”. A juventude, acima de tudo, significava um mercado global de disseminação de ideias e comportamentos. Isso fez com que a indústria fonográfica tivesse um grande crescimento através do rock, que vendias seus discos quase inteiramente a clientes entre 14 e 25 anos.

A rapidez das mudanças tecnológicas dava a juventude uma grande vantagem sobre a geração de adultos ou aos menos adaptáveis a tais mudanças. “O que os filhos podiam aprender com os pais tornou-se menos óbvio do que o que os pais não sabiam e os filhos sim. Inverteram-se os papéis das gerações.” – Disse Hobsbawm. A cultura jovem se tornou a matriz dessa revolução.

Surgem, por fim, inseguranças quando um velho hábito perde a sua razão, mas cada vez mais os comportamentos considerados “padronizados” estão sendo derrubados. Assim, a revolução cultural pode ser entendida como o rompimento de padrões e comportamentos esperados pelas pessoas, “seus papéis eram prescritos, embora nem sempre escritos”.

Análise do texto “Revolução cultural” de Eric Hobsbawm, do livro “A Era dos Extremos” p. 314 à 333.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s